Somos fortes. Lutemos por uma saúde pública digna para todos

 

Há tempos tomamos a decisão de lutar pela elevação do status da saúde bucal brasileira, passando de política de governo para Política de Estado. Ao mesmo tempo batalhamos pela inclusão do kit completo – com escova, creme e fio dental – nas cestas básicas da população brasileira.

Levantamos agora a bandeira pela disponibilização dos recursos públicos para a Odontologia, para o Brasil Sorridente, para os CEOs, UBSs e a necessária qualificação de cirurgiões-dentistas para que sejam incluídos nas Equipes de Saúde Bucal que trabalham lado a lado às Equipes de Saúde da Família.

Necessário se faz, também, a criação de um grupo dentro da Odontologia Hospitalar para gerar e normatizar as diretrizes que darão suporte à nova área pública dentro dessa especialidade, tão ansiada para o cirurgião-dentista, que terá um novo mercado, e também para o setor médico que ganhará o suporte especializado da nossa categoria, para indústria do setor que abrirá novos nichos de negócios e, não menos importante, para o paciente internado que receberá um reforço de tratamento adequado e aprofundado para a melhora de sua condição de saúde.

A Odontologia precisa não só construir uma pauta política de saúde bucal, mas também exigir a elaboração de diretrizes para normatizá-la e dar suporte à área pública. Juntos seremos capazes de dar um passo à frente na questão da continuidade do atendimento à população. Precisamos ter verbas adequadas às reais necessidades do Brasil, com a implementação de gestão política que possibilite a inserção do cirurgião-dentista nas pautas da saúde pública nacional.

Nessa linha, apoiamos plenamente a decisão da Coordenadoria Geral de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, que encaminhou Carta de Recomendação à FIO, CNM, Conasems e Conass em que é ressaltada a importância de se ter uma Gerência de Saúde Bucal nas secretarias municipais de Saúde, o que vem ao encontro do que defende a Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas.

Esta é a visão da ABCD. Esperamos poder contribuir com ideias e ações que realmente produzam a valorização do cirurgião-dentista e a saúde bucal e integral de nossa população.

Não somos poucos, somos mais de 270 mil profissionais, um quarto dos cirurgiões-dentistas do mundo. Devemos lutar por nossos ideais e por melhor saúde para o brasileiro. Alinhe-se a esta posição. Você será bem-vindo e tornará a ABCD mais forte.

 

Sílvio Cecchetto
Presidente da ABCD Brasil

ABCD Brasil - Associação Brasileira de Cirurgiões- Dentistas
Rua Voluntários da Pátria, 547 - São Paulo - SP
CEP. 02011-000 - Fone.: 55 11 3017- 0955 - Fax.: 55 11 3017-0957
abcd@abcdbrasil.org.br
Desenvolvido por MixMkt/ICL