Unifesp e HSP em mais um Sorria para a Vida da ABCD

Cirurgiões-dentistas estarão disponíveis no Campus São Paulo, no dia 1º de novembro, para a avaliação de casos suspeitos de câncer bucal entre alunos e funcionários de todos os campi da Unifesp e do hospital universitário. A ação faz parte da Campanha Sorria para a Vida, da ABCD

O Serviço de Odontologia Hospitalar do Hospital São Paulo, hospital universitário da Unifesp (HSP/Unifesp), realizará no dia 1º de novembro o diagnóstico precoce do câncer bucal em servidores, graduandos e pós-graduandos da universidade e funcionários do hospital. A ação faz parte da Semana Nacional de Prevenção do Câncer Bucal, instituída, por lei, pelo governo federal em dezembro de 2015 e está integrando a Campanha Sorria para a Vida de detecção de câncer bucal da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), responsável pela iniciativa no Brasil, como país membro da Federação Dentária Internacional (FDI).

Os cirurgiões-dentistas estarão disponíveis para realizar as avaliações em uma unidade móvel (odontomóvel), das 8h às 20h, na Rua Botucatu, 740 (em frente ao Anfiteatro Leitão da Cunha), Vila Mariana. Além do exame clínico, as pessoas receberão orientações de prevenção por meio de material educativo e autoexame bucal. Casos suspeitos serão encaminhados para exames específicos e tratamento adequado na instituição.

Denise Caluta Abranches, professora da disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Departamento de Otorrinolaringologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) e coordenadora do Serviço de Odontologia Hospitalar do HSP, explica que os principais fatores de risco para desenvolvimento do câncer bucal estão o uso de cigarro e de bebidas alcoólicas e as infecções pelo vírus HPV (Papiloma Vírus Humano), sobretudo dos tipos 16 e 18.  

De acordo com Onivaldo Cervantes, professor e chefe da disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (EPM/Unifesp), uma ferida que não cicatriza em duas semanas deve ser avaliada por um médico ou dentista. “Esse alerta também é direcionado a caroços, sangramentos e dores na cavidade bucal”, ressalva. “Quando diagnosticado precocemente, o câncer bucal tem cura em até 80% dos casos”.

 O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima cerca de 15.500 novos casos em 2016, sendo 75% dessas ocorrências entre o sexo masculino.

50 ações e 13 mil pacientes - A ABCD vem realizando há 3 anos consecutivos, com mais 200 países filados à FDI em todo o mundo, a Campanha Sorria para a Vida. Nesse período já aconteceram 50 ações, foram atendidos perto de 13 mil pacientes, encaminhados 1040 deles (8%) para diagnóstico aprofundado e tratamento (até outubro/2016).

 

Além da ABCD, também o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) apoia a ação da Unifesp. 

ABCD Brasil - Associação Brasileira de Cirurgiões- Dentistas
Rua Voluntários da Pátria, 547 - São Paulo - SP
CEP. 02011-000 - Fone.: 55 11 3017- 0955 - Fax.: 55 11 3017-0957
abcd@abcdbrasil.org.br
Desenvolvido por MixMkt/ICL